Guia prático: como preparar uma carta de motivação eficaz

30/05/2022 | Santander Universidades

Você precisa preparar uma carta de motivação e não sabe por onde começar? Este documento pode ser um desafio no início, mas você vai ver que, com um pouco de prática e algumas técnicas simples, ela se tornará uma ferramenta que vai permitir que você se destaque em relação aos outros candidatos

Na verdade, saber como elaborar uma carta de motivação eficaz é um passo crucial em diferentes tipos de processos de seleção, e muitas vezes representa a diferença entre uma resposta afirmativa e uma resposta negativa. Ao final, é uma questão de método, clareza em seus objetivos e uma pitada de criatividade. Se você quer conhecer sua estrutura básica e descobrir algumas dicas e erros que devem ser evitados ao preparar uma carta de motivação, nós vamos contar.

Conselhos para redigir uma carta de motivação: erros a se evitar

Quando você se perguntar como preparar uma carta de motivação, a primeira coisa que você deve considerar é que é um documento voltado para capturar a atenção do leitor e convencê-lo. Para fazer isto, você deve justificar, tanto ao nível pessoal como no profissional, o que o leva a se candidatar para essa vaga, bolsa, emprego etc. Seu objetivo é demonstrar que você tem um interesse genuíno, sua jornada é alinhada ao que se busca e que você você sabe como argumentar isso.

Antes de começar a escrever, você precisa saber os motivos com clareza. Anote tudo que você acredita que deve estar incluído na sua carta de motivação. Leve em consideração pontos chave, como realizações acadêmicas, aspirações, metas e, acima de tudo, as razões pelas quais você escolheu esse programa ou cargo. 

Depois que tiver esclarecido este ponto, é hora de começar a escrever. Ao escrever a sua carta de motivação, recomendamos o seguinte:

  • Preste atenção à forma, ao conteúdo, à ordem das ideias e à estrutura. Não faça rodeios ou vai perder a valiosa atenção do seu leitor. Por este motivo, inclua apenas os dados necessários e evite explorar aspectos que não são relevantes.

  • Utilize uma fonte clara e legível, de tamanho de 10 a 12, espaçamento e margens de 2,5 centímetros.

  • Uma escrita simples e limpa é sempre melhor. Não se perca em aspectos técnicos que desviam a atenção dos elementos fundamentais. Mas não deixe de tirar vantagem de recursos atraentes como o storytelling.

  • Cuidado com o tom. Preste atenção para que ele seja consistente com o lugar ao qual você está se candidatando, e o mantenha do início ao fim.

  • Pesquise a instituição, o programa e seus valores. Depois que você tiver isso claro, alinhe seus objetivos com aqueles da bolsa de estudos ou do emprego ao qual você está se candidatando.

  • Faça uma carta de motivação original, assim , como essa oportunidade à qual você está se candidatando é para você. Para facilitar a tarefa, faça perguntas como: O que você faria se conseguisse? Por que você gostaria de estar nesse centro ou instituição? Com o que poderia contribuir?

  • Pense em um encerramento que chame a atenção do leitor, de modo que a sua carta de motivação seja memorável. Você pode usar recursos como empatia e falar sobre a experiência de vida que o levou até ali, ou por que esta oportunidade ajudaria você a alcançar um objetivo pessoal.

  • O tamanho é importante: não escreva algo muito conciso, mas também não elabore uma longuíssima dissertação. Uma página será mais do que suficiente, embora dependa sempre do que você está objetivando. Nesse sentido, o tamanho apropriado seria entre 400 e 600 palavras.

  • Leia-a várias vezes, e inclusive, se possível, deixe-a descansar de um dia para o outro para se distanciar do texto. Outra técnica que pode ajudar é ler a carta em voz alta. Tudo isso vai permitir que você encontre problemas de redação, erros de ortografia, inconsistências e erros de dados que podem prejudicar você.

Tanto na hora de reler e editar ou ao escrever, há certos pontos que sempre se deve evitar. Alguns dos erros mais comuns são:

  • Escreva parágrafos extensos: evite parágrafos longos demais, porque tornam a leitura mais pesada e desviam a atenção do leitor. O ideal é que não devam ter mais de seis linhas cada.

  • Começar as frases com "eu": Tente não usar "eu" nas frases, nem adjetivos grandiloquentes para falar sobre suas habilidades. Também não é aconselhável usar frases negativas.
  • Redigir a partir de um modelo: não copie um modelo ao pé da letra. Um dos pontos fundamentais de uma carta de motivação é ser natural e original.

 redigir-carta-de-motivação-para-bolsa

Estrutura de uma carta de motivação para uma bolsa de estudos, universidade ou mudança de emprego

Além de seguir estas dicas para trazer clareza e um caráter persuasivo ao seu texto, você deve levar em consideração a estrutura que uma carta de motivação sempre apresenta — embora o conteúdo deva ser original, ou seja, um texto pessoal no qual você transmite a sua maneira de ser.  Geralmente, os elementos que o compõem são os seguintes:

  • Uma saudação inicial, que vai variar de acordo com a formalidade da instituição à qual você está apresentando a sua carta de motivação para a bolsa ou empresa à qual está se candidatando. Pode começar por um "Prezado/a Sr./a....", "Da minha mais elevada consideração","Caro/a..." ou, simplesmente, "Sr./Sra./Srs."

  • Um parágrafo de introdução que inclui o propósito da carta e da apresentação. Vá diretamente para como você ficou sabendo da convocatória e do seu desejo de se candidatar. Para fazer isso, geralmente se começa com uma frase formal, como: "Ponho-me em contato hoje para...", "Pela presente, gostaria de expressar meu interesse...".

  • O corpo da carta também deve ser composto de um ou dois parágrafos, descrevendo suas qualidades, habilidades, títulos e interesses relacionados diretamente ao mestrado, programa ou vaga de trabalho à qual você está se candidatando. Descreva estas informações de maneira atraente, que incentive o leitor a continuar e querer saber mais sobre você, sua trajetória e suas aspirações.

  • Elabore um parágrafo de conclusão. No caso de uma carta de motivação para uma bolsa de estudos, é o momento de reforçar o interesse e especificar por que você escolheu esse programa. Caso se trate de uma vaga de trabalho, enfatize seu desejo de ter uma entrevista.

  • Por último, agradeça e inclua uma saudação final que seja formal, como "meus calorosos cumprimentos..." e o seu nome completo.

 redigir-carta-de-motivação-para-bolsa

A carta de motivação: uma ferramenta para se destacar

É importante que você aproveite a carta de motivação para se destacar dos outros candidatos, e se perceber que falta alguma coisa ou que o que escreveu não chega a lhe convencer, você pode pedir à sua família ou amigos que leiam e deem a sua opinião. Um olhar de fora pode ajudar a mudar o foco.

Contudo, se levar em conta essas dicas e práticas, você conseguirá preparar uma carta de motivação que capture a atenção do destinatário e lhe ajude a conseguir a bolsa ou o cargo ue deseja. E é uma ferramenta essencial para aumentar a sua empregabilidade.

Com esse propósito, para ajudar as pessoas a progredir, superar os desafios apresentados pela quarta revolução industrial e crescer de forma inclusiva e sustentável, o Banco Santander está comprometido com três conceitos chave para promover a empregabilidade: aprendizagem contínua, reciclagem profissional e formação adicional. Para este fim, ele conta com o portal de Bolsas Santander, um programa global, único e pioneiro.

Se você busca continuar crescendo r tanto pessoal como profissionalmente, consulte o portal de Bolsas Santander, onde encontrará centenas de oportunidades para se formar junto a instituições de prestígio internacional. Você poderá ter acesso a capacitação em tecnologia, idiomas, estudos, pesquisa, soft skills, práticas e liderança feminina, que ajudarão você a melhorar a sua empregabilidade ou redirecionar a sua carreira profissional.

Quer se tornar um lifelong learner e continuar aprendendo para aumentar suas oportunidades de trabalho? O portal de Bolsas Santander oferece diversas opções para que você possa alcançar os seus objetivos. Consulte a plataforma e lembre-se, você pode se inscrever em tantos programas quanto quiser. Aproveite a oportunidade!

Ver mais posts interessantes...