Calcular o IVA no Excel: aprenda o passo a passo

26/07/2022 | Santander Universidades

Você sabia que mais de um milhão de empresas em todo o mundo usam o Office 365, o famoso pacote de programas de produtividade da Microsoft? Além disso, uma de suas ferramentas mais populares, o Excel, conta com cerca de 1,2 bilhão de usuários todos os dias. 

Tais números evidenciam a importância desse programa atualmente. Não é à toa que diversas áreas costumam exigir dos profissionais conhecimentos intermediários ou avançados em Excel.

Saber calcular o IVA no Excel, por exemplo, é uma tarefa bastante desejável, pois é bem provável que, em algum momento, você precise realizá-la. Pensando nisso, vamos explicar abaixo o que é exatamente o IVA e como você pode calculá-lo no Excel de uma maneira bem simples.

O que é e por que é importante saber como calcular o IVA no Excel?

Antes de explicarmos como calcular o IVA no Excel, é importante saber o significado dessa sigla. Trata-se do Imposto sobre Valor Agregado (IVA)

Em resumo, nada mais é do que um imposto unificado sobre bens e serviços. No Brasil, a proposta de implantação desse tipo de imposto segue em tramitação. Porém, em todos os países da União Europeia, por exemplo, ele já é aplicado amplamente. Cada país, no entanto, estipula um valor diferente para o IVA. 

Neste artigo, vamos tomar como exemplo o caso da Espanha. Lá, a alíquota do IVA está definida em 21%. Contudo, há uma redução na taxa para certos tipos de  produtos e serviços, como alimentos ou livros (10%), assim como para artigos de primeira necessidade (4%).

Vale destacar também que o IVA não é um imposto pago pelas empresas, e sim pelos consumidores. Ou seja, se uma pessoa compra um produto por 100 euros, ela pagará 21 euros de imposto (IVA); portanto, o preço total será de 121 euros, sendo 100 euros pelo valor do produto e 21 euros referentes ao IVA.

Justamente por se tratar de um imposto aplicado sobre diversos bens e serviços, aprender como calcular o IVA no Excel pode ser muito útil, mesmo antes da adoção desse tipo de imposto no Brasil. Se você atua como profissional autônomo ou tem seu próprio negócio, saber a taxa do IVA que deve ser acrescentada ao valor das mercadorias será fundamental para precificar seus produtos, emitir notas fiscais e recibos e fazer a sua declaração de impostos

Graças às fórmulas avançadas disponíveis no Excel, é possível fazer o cálculo do IVA de um jeito fácil e automatizado. Assim, você economiza tempo e diminui as chances de erros nas contas.

calcular-o-iva

3 formas de calcular o IVA no Excel

Embora o Excel tenha nascido como um editor de planilhas eletrônicas basicamente voltado para a gestão contábil, ele é considerado hoje uma ferramenta completa, na qual você pode fazer quase tudo. A versatilidade e um número infinito de funcionalidades fizeram do Excel um software utilizado em quase todas as áreas, sendo o cálculo do IVA apenas uma das muitas tarefas que se pode realizar com sua ajuda.

Confira abaixo três formas diferentes de calcular o IVA no Excel e escolha a que melhor se adapta às suas necessidades. Com um pouco de imaginação, você ainda pode aproveitar as fórmulas apresentadas para otimizar a sua gestão financeira como um todo.

Cálculo simples do IVA no Excel

A maneira mais fácil de calcular o IVA no Excel é por meio de fórmulas que podem ser ativadas ao inserir o sinal de igual (=) em qualquer célula.

Vejamos um exemplo: se a taxa do IVA aplicada corresponde a 21% e você quer saber o preço final de um produto ou serviço que custa 50€sem IVA, basta calcular o valor correspondente a 21% dos 50€. Confira abaixo o passo a passo:

  1. Primeiro, insira em uma célula o preço do produto sem IVA (A1) e, em outra célula (B1), divida o valor do IVA por 100. Seguindo o exemplo citado acima, na célula A1 você deve digitar 50 e na célula B1, 21/100.

  2. Em seguida, multiplique o preço por IVA/100 — ou seja, A1*B1. Você também pode multiplicar o preço sem IVA por 0,21 — isto é, 50*0,21. Não se esqueça de apertar a tecla Enter para obter o valor do IVA — no caso, 10,5.

  3. Por fim, adicione ao resultado obtido o valor inicial do produto ou serviço = (Preço inicial * IVA) + Preço inicial. Portanto, a fórmula para calcular o IVA no Excel seria =(A1*B1) + A1. Por meio dela, é possível chegar ao preço final com a taxa do IVA inclusa. No exemplo, o cálculo seria =(50*0,21) + 50 e o resultado final seria 60,5.

Cálculo do IVA no Excel com porcentagem

Podemos dizer que o método anterior é considerado o mais básico para calcular o IVA no Excel. Há muitas outras formas mais eficientes e práticas. Uma delas é por meio da utilização do símbolo de porcentagem (%). Para inseri-lo, você deve pressionar Shift + 5.

Tal método é bastante parecido com o que vimos anteriormente. Basta multiplicar o preço inicial pela porcentagem do IVA. Isto é:

  • = Preço inicial * IVA%: = 50*21% = 10,5

  • Para obter o preço final com a taxa do IVA inclusa, adicione ao resultado o valor inicial = (Preço inicial * IVA%) + Preço inicial: =(50*21%) + 50= 60,5

Cálculo automatizado do IVA no Excel

As duas formas anteriores de calcular o IVA no Excel funcionam muito bem se você tiver que fazer apenas alguns poucos cálculos. Mas e se você precisar fazer o cálculo para 100 produtos, por exemplo? Não seria prático calcular item por item, ainda mais porque o Excel te dá a possibilidade de calcular automaticamente todos os preços com IVA.

Para isso, na coluna A, por exemplo, coloque todos os preços sem IVA. Na coluna B, digite a porcentagem do IVA com a qual você vai trabalhar (no caso, 21%). Por fim, depois de aplicar a fórmula que descreveremos a seguir, você terá na coluna C o valor calculado de modo automático.

calcular-o-iva-no-excel

Para chegar a todos os resultados da coluna C, é preciso seguir o passo a passo descrito abaixo:

  1. Insira todos os preços sem IVA (coluna A) e a taxa do IVA (coluna B).

  2. Selecione com o mouse o primeiro preço sem IVA, ou seja, a coluna A (célula A1).

  3. Digite o símbolo de multiplicação (*) e clique na célula onde está a taxa do IVA — no caso, coluna B (célula B1) =A1*B1 (=50*21%).

  4. Pressione a tecla F4 para fixar a célula com a taxa do IVA e, em seguida, Enter para obter o resultado dessa linha.

  5. Para calcular o IVA dos demais produtos, basta copiar a fórmula para as células seguintes. Observe que a célula com o primeiro resultado deve ter um pequeno ponto no canto inferior direito. Clique nele e, sem soltá-lo, arraste-o para baixo.

  6. O preço com o IVA dos outros produtos aparecerá automaticamente.

Como vimos, essa forma de calcular o IVA no Excel não só traz economia de tempo, mas também permite controlar eventuais mudanças na alíquota do IVA. Imagine que o seu produto, definido com uma taxa de 21%, tenha uma redução para 10%. Caso isso aconteça, basta alterar a célula com a taxa do IVA (coluna B) e o Excel recalculará todos os preços automaticamente. Faça o teste e veja você mesmo!

O cálculo do IVA no Excel é apenas um exemplo do poder dessa ferramenta e suas múltiplas funções matemáticas, evidenciando a importância de dominar os recursos do programa para ser mais eficiente no trabalho.

calcular-o-iva-no-excel

Microsoft Excel, a ferramenta que democratizou o controle de dados

É comum ouvir dizer que o Excel democratizou o controle de dados. Não é para menos, afinal, sendo um programa amplamente utilizado no mundo todo, ele oferece a possibilidade de gerar bancos de dados, recibos e notas fiscais, tabelas e gráficos em questão de segundos

A gestão eficiente de dados é fundamental para todos os tipos de negócios. Apesar de existirem outros programas mais completos e específicos para essa tarefa, a versatilidade do Excel faz com que muitas organizações prefiram utilizá-lo. Como mencionamos acima, mais de um milhão de empresas utilizam a ferramenta diariamente. 

Sem dúvidas, os profissionais de hoje devem saber utilizar o Excel, pois sua importância tende a crescer ainda mais em virtude da digitalização. Ou seja, o domínio do Excel se torna cada vez mais necessário tanto para se desenvolver profissionalmente quanto para garantir a própria empregabilidade.

O Banco Santander lançou 10 mil Becas Santander Skills | Excel for All, com as quais você poderá aprender de forma rápida e completa as habilidades necessárias para trabalhar em planilhas do Excel.

Com este programa, que tem duração de 15 horas na modalidade 100% online, você poderá adquirir, no seu ritmo, todos os conhecimentos necessários para dominar o Excel em tempo recorde e aplicá-lo em seu dia a dia, tanto no plano acadêmico quanto no profissional.Tudo isso por meio de exercícios práticos, planejados para garantir o seu aprendizado, e com professores especialistas em Excel, que resolverão todas as suas possíveis dúvidas. Além disso, você aprenderá tudo por meio da Udemy, plataforma líder em educação online.

É possível escolher entre dois cursos, conforme seus objetivos:

  • Excel Completo — Do principiante ao avançado: o curso foi planejado como um itinerário do mais básico ao mais avançado em Excel. Você conhecerá todos os recursos do programa para alcançar o domínio de tabelas dinâmicas, linguagem de programação e novos gráficos com VBA + Access, além de ferramentas poderosas como o Power Query e o Power Pivot.

  • Curso completo de Excel — Visual Basic Excel e Macros: você irá dominar em tempo recorde as funções do Excel mais usadas e demandadas pelas empresas. Assim, ficará à vontade com funções avançadas, automatização de tarefas e criação de relatórios por meio de tabelas dinâmicas.

Ambos os cursos, disponíveis em espanhol, inglês e português, são ministrados por experts no assunto e não tem custo algum para os alunos. Além disso, não é necessário ter diploma universitário nem ser cliente do Banco Santander.

 

É um(a) profissional com 18 anos ou mais de idade e interesse em dominar o Excel em tempo recorde? Inscreva-se para uma das Becas Santander Skills | Excel for All e adquira um dos ativos mais importantes e transversais a qualquer área de atuação profissional. E lembre-se, nunca deixe de aprender!

 

Ver mais posts interessantes...