As habilidades gerenciais dos CEOs mais importantes

18/11/2021 | Santander Universidades

Você sabia que 77% dos CEO atuais têm uma área de melhoria para aprender as competências de criatividade e inovação de que precisam? É isto o que revela a revista Forbes. Na verdade, uma forma de adquirir as diferentes competências gerenciais de que precisam para liderar as suas empresas é através da formação contínua.


Atualmente, a maneira de se dirigir as empresas mudou totalmente. Assertividade, liderança, adaptação à mudança, habilidades de comunicação ou tomada de decisões são apenas algumas das habilidades gerenciais mais importantes e que todos os líderes devem trabalhar para alcançar o sucesso empresarial. Quer saber como alguns dos CEO de maior destaque as colocam em prática? Nós contamos.

competencias gerenciais

Sheryl Sandberg, COO do Facebook

Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook, tinha no início uma visão mais apaixonada da sua popular rede social, cujo objetivo era conectar pessoas de todo o mundo. No entanto, não foi ele, mas sim Sheryl Sandberg, COO do Facebook, que transformou o Facebook na plataforma de marketing e publicidade online mais utilizada do mundo.

 

Uma das habilidades gerenciais de mair destaque de Sheryl é a tomada de decisão focada nos resultados. Sandberg acredita que “ninguém consegue um cargo importante sentando-se no canto, mas sim na mesa de negociação. E ninguém consegue uma promoção se não acha que merece o sucesso”.

 

A sua coerência e eficiência na tomada de decisões importantes, como o teste de um modelo publicitário não invasivo no Facebook, levaram ao sucesso tanto o Facebook, que se tornou uma das empresas mais lucrativas do mundo, como a própria Sheryl, que se tornou uma das mulheres mais influentes e uma das líderes feministas mais inspiradoras. 

Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX

Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, é conhecido por colocar o foco na inovação e criatividade em todos os seus projetos, mas também por uma liderança baseada em pessoas. 

A Tesla é um exemplo claro de inovação. Esta empresa revolucionou o setor automotivo com o primeiro carro autônomo da história e está agora construindo os carros do futuro, apostando na mobilidade elétrica e na inteligência artificial. 

Elon Musk busca sempre ir mais longe com a sua criatividade, considera que “as coisas não são feitas seguindo caminhos distintos para que não sejam iguais, mas para que sejam melhores”. Este espírito empreendedor o fez lançar um novo projeto: ele está determinado a levar os primeiros seres humanos para a superfície de Marte. Ele acredita firmemente que a única maneira de salvar a humanidade é levar nosso modo de vida a outros planetas e, graças à sua maneira disruptiva de ver as coisas, a SpaceX está cumprindo os primeiros passos para alcançar isso. 

 

competencias gerenciais

Indra Nooyi, ex-CEO da PepsiCo e conselheira da Amazon

Indra Nooyi, ex-CEO da PepsiCo e atual membro do Conselho de Administração da Amazon, é um dos melhores exemplos de como administrar uma empresa com habilidades interpessoais atualmente. Nascida em uma família humilde da Índia, Indra sempre se destacou por uma gestão eficiente e por possuir uma grande inteligência emocional.

O desenvolvimento de uma estratégia de crescimento centrada na sociedade, no bem-estar comum e na gestão econômica ética levou a Pepsi a ser a segunda maior empresa de alimentos do mundo. A gestão de Indra Nooyi, baseada na felicidade dos seus funcionários, bem como em lhes proporcionar a confiança para aprender, crescer e tomar decisões, oi fundamental para o sucesso da Pepsi nos últimos anos. 

Ela garante que, para poder liderar uma grande empresa como esta, a inteligência emocional é um dever: é preciso administrar com a cabeça, o coração e as mãos. Ele afirma que “só porque você é um diretor não deve achar que já venceu. Deve continuar aprendendo e melhorar a forma como pensa e como se dirige à sua organização. Nunca esqueci isso”.

Reed Hastings, CEO da Netflix

A Netflix conseguiu se tornar a plataforma de vídeo sob demanda a pedido mais utilizada do mundo, com mais de 200 milhões de usuários no final de 2020. A gestão de Reed Hasting, CEO da Netflix, baseada na lealdade, teve muito a ver com isso.

Os funcionários da Netflix têm uma grande liberdade para trazer ideias e tomar decisões responsáveis. Hastings proporciona um espaço de diálogo entre os seus funcionários e outras empresas com uma única condição: contar sempre que condições lhes são oferecidas, para que a Netflix tenha sempre a oportunidade de as igualar. 

Nesta empresa, como cita Reed, a única regra é ser leal: “Na Netflix, não falar quando você não concorda com um colega ou quando tem comentários que possam ser úteis equivale a ser desleal com a empresa”.

Como adquirir as competências gerenciais?

Como já foi demonstrado, a tomada de decisões, a inteligência emocional, a capacidade de inovar ou as habilidades interpessoais são competências gerenciais necessárias para os líderes da atualidade. Continuar a desenvolver estas e outras competências gerenciais se prova realmente importante para as empresas, já que grande parte do sucesso da organização dependerá das competências de seu líder.

Dado o seu alto grau de influência, não é de se admirar que entidades como o Banco Santander impulsionem as Bolsas Santander, com as quais promovem a inovação e a aprendizagem contínua. Para isso, o Banco Santander aposta na aquisição de novos conhecimentos e na formação nas competências transversais mais procuradas pelas empresas para melhorar a empregabilidade dos que demonstram interesse, expandir a sua capacitação ou redirecionar as suas carreiras. 

Se você quer alavancar ou redirecionar a sua carreira profissional através da formação, consulte o portal das Bolsas Santander e escolha a opção que melhor se adapte a você e a seus objetivos. É a sua oportunidade!