Você sabe qual é o seu perfil profissional? Descubra com este teste simples!

15/07/2021 | Santander Universidades

Não sabe para onde encaminhar sua carreira profissional ou sente que precisa de uma mudança? Isso não acontece só com você. 56% dos estudantes têm dúvidas sobre qual trajetória profissional tomar e um em cada quatro profissionais não está satisfeito com a sua situação de trabalho atual, e gostaria de mudar de rumo.

Se você quiser saber o que você realmente gosta e o que tem a ver com você, apresentamos uma ferramenta que vai lhe permitir se aprofundar sobre os seus valores, interesses, motivações e habilidades. Faça este breve teste vocacional de 20 perguntas de múltipla escolha. Escolha as opções que melhor lhe representam e descubra o resultado!

Instruções para fazer o teste

Vamos lhe apresentar abaixo uma série de perguntas sobre uma abordagem psicológico-social, com base no Teste de Interesses e Preferências Profissionais (Test IPP) de Mª. V. de la Cruz (1993) e o Inventário de Preferências Profissionais (De Galilea, Pagola, 2001), para que você possa descobrir qual é o seu perfil profissional. Siga as instruções abaixo para fazer este teste vocacional e interpretar os resultados.

1. Leia atentamente cada uma das perguntas e respostas e selecione aquela com que você mais se identifica. Não pense muito, a resposta natural surge de maneira automática.

2. Depois de responder a estas 20 perguntas, faça uma contagem do número de respostas com letra: A, B, C e D.

3. Quando tiver identificado a letra que mais se repete nas suas respostas, veja no final do teste.

4. No final do teste, você encontrará uma breve descrição dos quatro principais perfis profissionais, segundo as teorias estabelecidas por E. Ginzberg (Teoria evolutiva do desenvolvimento profissional, 1972) e J.L. Holland (Modelo tipológico, 1978). Saiba qual é a sua letra predominante para saber mais sobre as características e competências que definem você e as profissões e as carreiras que melhor se adaptam ao seu perfil, além de algumas dicas.

Resultados

Maioria de “A”: perfil analítico-técnico.

As habilidades que melhor definem você são a ordem, a lógica e a objetividade. Você gosta de ter as coisas sob controle e de dedicar tempo antes de tomar uma decisão. Tem tendência à cautela, à observação, à coerência e à constância.

Você se sente em sua zona de conforto ao realizar cálculos, gerenciar documentação ou resolver incidentes, desde que tenha as ferramentas e indicações necessárias. Caso contrário, você fica incomodado de trabalhar sem um plano e é complicado se adaptar às mudanças. Por outro lado, lidar com pessoas não é o seu ponto forte, mas se isso vai lhe aproximar do seu objetivo, você se aproxima.

Algumas das profissões onde este perfil é necessário são disciplinas relacionadas com as ciências, engenharia e tecnologias.

Maioria de “B”: perfil social.

As habilidades que melhor definem você são a empatia, a comunicação e a extroversão. Você gosta de se relacionar com os outros, apoiar e ser apoiado na tomada de decisões. Você é uma pessoa sensível, solidária, comprometida e enérgica.

Você se sente confortável em contato com outras pessoas, gosta de gerar bem-estar e trazer benefícios com as suas ações. Em compensação, você fica incomodado de trabalhar em ambientes frios ou de conflito, principalmente se lhe impedem de aproveitar seu trabalho. Além disso, a neutralidade não é o seu ponto forte, às vezes você se envolve emocionalmente e você é subjetivo.

Algumas das profissões nas quais as suas competências melhor se encaixam são as disciplinas relacionadas com a medicina, a educação, o comércio e o marketing, entre outras.

Maioria de “C”: perfil artístico. 

As habilidades que melhor definem você são a criatividade, a paixão, a reflexão e a sensibilidade. 

Você gosta de imaginar e criar, mesmo que isso signifique romper os paradigmas. Você se sente confortável quando tem autonomia e espaço para experimentar, por isso, fica incomodado pela falta de liberdade e rigidez das normas. Por outro lado, a praticidade não é seu ponto forte e você custa a assumir que nem todas as ideias podem ser executadas.

Algumas das profissões que se adaptam ao seu perfil são as relacionadas com o mundo das artes, como design de interiores, design de moda, arquitetura e audiovisual.

Maioria de “D”: perfil empreendedor. 

As habilidades que melhor definem você são a persistência, a ambição, a inovação e a liderança. Você gosta de lançar novos projetos e vê-los crescer, embora isso represente um risco. 

Você se sente à vontade quando as decisões dependem de você, embora precise dos outros para executá-las. Em compensação, você fica incomodado com a rotina, por isso, tentar evitar a monotonia e paciência não é o seu ponto forte, pois você tem dificuldade em esperar para ver os resultados.

Este perfil pode trabalhar em praticamente todas as disciplinas, mas não em todos os níveis. As funções que melhor lhe acolhem são aquelas relacionadas com a gestão empresarial.

 

Lembre-se que, embora as competências sejam importantes, a chave está em combinar aquilo em que você é bom, o que você deseja e aquilo que a sociedade precisa. Desta forma, você poderá alcançar o seu próprio ikigai, o conceito japonês que se refere a encontrar o seu propósito na vida a partir da motivação de trabalhar no que você gosta de fazer e, ao mesmo tempo, no que é bom.


Se quiser continuar a explorar recursos e oportunidades que sejam mais compatíveis com o seu perfil, no portal das Bolsas Santander você vai encontrar soluções sob medida para prosseguir com a sua formação e alcançar seus objetivos profissionais. Venha dar o próximo passo!